Parkour é desafio nas aulas de Educação Física

Você já assistiu cenas de perseguição em filmes policiais ou de ação, nos quais o fugitivo corre, sobe e pula de cercas de arame altas, cai e sai rolando? É mais ou menos dessa maneira que funciona o parkour, mas com o detalhe de que o trajeto é planejado e ninguém está fugindo de ninguém.

Trata-se de superar obstáculos que o ambiente oferece, de forma livre, correndo, saltando, suspendendo-se, dependurando-se, rolando, rastejando, entre outras possibilidades de movimentos.

Apesar de não ser considerada um esporte, essa prática corporal é uma excelente alternativa para realizar em um tempo de lazer. O princípio básico do parkour é se deslocar de um ponto a outro em determinado espaço, de forma rápida, segura e eficiente, utilizando apenas o corpo como instrumento.

Nas aulas de Educação Física dos professores Rubens Ientz Jr e Jessica Marinhuk, o parkour foi aplicado para os 9ºs anos do Fundamental I como forma de buscar autonomia no corpo e mente para os desafios. Segundo os professores, primeiro foram realizados dentro do Colégio os desafios e depois os alunos vivenciaram as atividades na praça em frente ao Santos Anjos. “Eles entenderam a atividade como um lazer, mas nesse trabalho eles intensificaram a força muscular, concentração, persistência, determinação e resistência. Assim, tiveram um trabalho completo em seu corpo e mente”, finalizam.

#educacaofisicatop #sousantosanjos

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *